Imagem

 

          Imagem

Eu queria ter escrito, ter enviado, mas o tempo atrapalhou

Eu poderia ter me envolvido, ter encontrado, mas o destino não deixou

Ainda assim me veio um sentido, iluminado, como tudo começou

Provando que nossas almas se encontram, dentro do tempo e do espaço, que o amor proporcionou

 

De perto, de longe, nossas almas se encontram todo dia

De dia, de noite, mantemos girando a ciranda da sintonia.

 

E hoje mais uma volta foi completa. Volta dentre tantas voltas, que gira nesta ciranda sem fim. A ciranda da vida, da evolução, das relações, da sintonia, do amor. O aniversário é seu, mas meu maior presente foi poder entrar nessa roda, fazer parte desta vida e continuar a seguir contigo. Desde o nosso reencontro, a arte voltou a fazer parte de mim, a vida fez mais sentindo e meus olhos se abriram ainda mais para a espiritualidade. Como escrevi acima, queria estar ao seu lado, queria lhe e entregar algo, mas hoje o encontro físico ainda não nos é possível, mas temos o mais duradouro encontro em nossas vidas, o espiritual. Desejo a ti TUDO de maravilhoso. Que sua caminhada na Terra seja rígida, firme e bem direcionada. Que você possa aproveitar esta oportunidade para evoluir o quanto puder, e assim, cada vez mais voar com suas asas de borboleta. Sinta-se imensamente abraçada e amada por mim! Amo você demais! Feliz Aniversário, Daniela borboleta!

 

– O nome do mesmo se chama “Às 06h00”, pois foi o horário pontual em que despertei essa manhã, quando me veio a primeira frase deste poema.

Anúncios